| RPM Web Site |
Hoje - Sábado, 16 de Dezembro de 2017  
RPM
Você sabia que é recomendada a calibragem dos pneus pelo menos uma vez por semana?!?!

E que na maioria dos veículos a pressão de calibragem dos pneus dianteiros é diferente dos traseiros!?!?
Veja as dicas que peparamos para que você possa manter os pneus do seu carro em ordem.

O primeiro passo é dar uma olhada no manual do proprietário do seu veículo, lá você encotrará a especificação da pressão correta para calibragem dos pneus do seu carro.

Fique atento pois para a maioria dos veículos a pressão de calibragem dos pneus dianteiros é diferente dos traseiros, bem como, para uso do veículo com carga ou vazio.

Talvez, para surpresa de muitos a pressão de calibragem se dá em função das medidas do pneu em função do peso do veículo mais a carga transportada. No entanto, se você substituiu as rodas originais por rodas de diâmetro maior, você pode utilizar a mesma calibragem indicada no manual desde que o diâmetro total da roda mais pneu não seja maior que 3% do conjunto original.

Segundo a Pirelli Pneus LTDA, a pressão correta de enchimento dos pneus, deve ser empregada sempre, aquela indicada pelo fabricante do veículo, devido a relação de pressão ser igual a força sobre a área, ou seja, é a força do ar exercida sobre toda a área interna do pneu. A pressão de enchimento dos pneus é que sustenta toda a carga do veículo, que difere de um veículo para outro.

Na hora de calibrar os pneus em postos de combustíveis , oriente o frentista quanto a correta pressão dos pneus do seu carro, pois a maioria sugere 26 PSI (lb/pol²) a qual pode ser incorreta para seu veículo.

Como pode ser visto na ilustração acima, na figura 1 o pneu apresenta calibragem com pressão abaixo do recomendado gerando desgaste prematuro nas laterais da banda de rodagem, aumento do consumo de combustível e perda de estabilidade. Na figura 2, com pressão adequada, o pneu possui boa área de contato com o solo gerando um desgaste uniforme na banda de rodagem, consumo de combustível adequado e estabilidade adequados. Já na figura 3 o pneu com excesso de pressão apresentará desgaste prematuro no centro da banda de rodagem além de reduzida área de contato com o solo podendo ocasionar perda de aderência em algumas situações.

Ainda segundo a Pirelli - "Pesquisas realizadas revelam que três entre quatro acidentes ocorrem pela baixa pressão dos pneus. A baixa pressão reduz a aderência, diminui a estabilidade em curvas, e gera instabilidade nos freios. A utilização correta da pressão proporciona ao pneu um apoio adequado sobre o solo, com isso a banda de rodagem apresenta um desgaste mais uniforme."

Agradecimentos: Pirelli Pneus LTDA

Por Fábio G. Cavalcanti 

Sabe tudo sobre manutenção de carros !? Tem uma dica legal !? Mande pra nós.... faleconosco@rpmwebsite.com.br

 Publicidade














www.rpmwebsite.com.br - faleconosco@rpmwebsite.com.br
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados. | Quem somos.